Espelhos Quebrados

O homem deste pequeno é acostumado a amar o espelho e tudo que ele reflete, ou seja, você mesmo e tudo que está em sua volta e mais nada. Desde pequeno doutrinado a sempre se importar com você e seus interesses e mais nenhum outro. E quando, nos é revelado a verdade do Evangelho tudo muda. E é partir deste ponto que passamos a tentar amar, mas não com um amor egoísta, no qual fomos ensinados. E você para seguir com Cristo, tem que quebrar o mundo de espelhos construído pelas suas próprias mãos.

Mas por muitas vezes, não conseguimos ou queremos (e se você não quer, tenho péssimas noticias para você) nós somos impedidos de amar o outro. Pois na balança de valores, o lado sempre que vai pesar mais, será o lado onde seu egoísmo irá repousar. E faremos igual ao o profeta Jonas, onde em sua balança de valores o que valia mais era uma planta, do que uma cidade que havia mais de cento e vinte mil pessoas. E lembrando, era cento e vinte mil almas arrependidas de seus pecados, e o maior absurdo passa ser não o fato de ele ter sido engolido pelo grande peixe, mas sido incapaz de amar o outro, mesmo que este outro seja um pecador aos pés do Deus Trino.

O amor que o mundo ensina é um amor narcisista, o amor egoísta. Um amor que nos leva a afogar no nosso próprio eu, na nossa própria essência pecadora. Diferente de Jonas, a nossa “planta” pode ser uma ferida que um irmão abriu, nosso conhecimento, coisas mínimas que para nós tem mais valor do que amar alguém. Mas que possamos usar as escrituras juntamente com a ação do Espírito Santo, como uma marreta para quebrar este mundo de espelhos que criamos. Vai doer, sem dúvidas. O processo pode ser rápido ou levar até o último dia de nossa vida terrena, mas que possamos ter o incessante desejo de viver o amor de Cristo e sua perfeita varonilidade.

Que prossigamos assim até o dia de nossa morte ou até quando nosso amado Rei venha. Amém

Matheus Borges

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s